Advertisement

VÍDEO: Helicóptero Black Hawk da FAB tira avião acidentado de rio em Roraima

Helicóptero Black Hawk foi usado para "rebocar" aeronave C-98 Grand Caravan até às margens do rio em Roraima. Foto via redes sociais.

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou ontem (07) uma incrível operação de resgate de um de seus próprios aviões no norte do país. A organização utilizou um helicóptero H-60 Black Hawk para tirar um avião Cessna Caravan de dentro do Rio Uraricoera, em Roraima. 

O acidente com o Caravan da FAB, designado C-98 pelos militares, aconteceu no dia 30/10 durante uma missão de apoio à uma comunidade indígena, distante cerca de 260 quilômetros de Boa Vista.

Logo após a decolagem, o C-98 de matrícula 2764 sofreu uma pane que obrigou os pilotos a realizarem um pouso de emergência no rio. Os cinco tripulantes foram resgatados por militares do Exército Brasileiro e encaminhados para tratamento médico em uma unidade de saúde local.

Conforme a própria FAB informou na época do acidente, um helicóptero Black Hawk do Esquadrão Harpia (7º/8 GAv), da Base Aérea de Manaus, foi deslocado para a região no dia do acidente, bem como uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) para investigar o sinistro. 

A operação de salvamento do FAB 2764 contou com mergulhadores do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento, o PARA-SAR, unidade de elite da Aeronáutica. Eles conectaram um cabo ao C-98, que foi içado e levado à margem do rio pelo Black Hawk.

Além de ser uma excelente demonstração das capacidades da FAB, o resgate do 2764 também mostra a versatilidade do Black Hawk, um dos principais helicópteros em uso pelos militares no país.

 

A aeronave é capaz de içar cargas de até 4.1 toneladas com o gancho externo, enquanto o C208 tem um peso vazio de 2100 quilos. No entanto, é importante lembrar que o avião estava no fundo do rio, fator complicador na operação. 

Com a aeronave recuperada, os técnicos do CENIPA podem apurar as causas do acidente com o C-98. Ainda não se sabe se o avião será recuperado às condições de voo. 

A FAB adquiriu seus primeiros C-98 em 1987 para apoiar as atividades no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão. Já reconhecido no mercado mundial, o Cessna Caravan agradou os militares, que compraram mais aviões. Em 1998 vieram os primeiros C208B Grand Caravan, designados C-98A. Hoje são 30 aeronaves do tipo em serviço com a FAB, atuando de norte a sul em missões de transporte. 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 

Avatar

Autor: Gabriel Centeno

Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.

Categorias: Militar, Notícias, Notícias

Tags: Black Hawk, Cessna Grand Caravan, fab, usaexport