Advertisement

Primeira mulher a pilotar aviões de caça nos Estados Unidos se aposenta como general

A Major General Jeannie Leavitt, primeira mulher a pilotar caças nos Estados Unidos, conclui sua carreira de 31 anos na Força Aérea. Foto: USAF.

A primeira mulher a pilotar aviões de caça na Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) concluiu sua carreira no último final de semana. Jeannie Marie Leavitt, 56, se aposentou no último sábado (23) no posto de Major General. 

A cerimônia de aposentadoria da militar ocorreu na Base Aérea de Scott, presidida pela General Jacqueline D. Van Ovost, uma das três únicas mulheres a liderar um grande comando na USAF. 

“Hoje pode marcar o encerramento da distinta carreira da major-general da Força Aérea Jeannie Leavitt, mas o legado que ela construiu e as vidas que influenciou sem dúvida ressoarão por gerações”, disse a General Van Ovost, atual comandante do Comando de Transporte dos EUA durante a cerimônia de aposentadoria de Leavitt.

“[Jeannie] teve que lidar com uma demanda constante para estar no centro das atenções, por causa de seus muitos pioneirismos, algo que não representa realmente quem Jeannie é”, disse Van Ovost. “Ela prefere ficar atrás, nos bastidores para orientar e treinar. Cuidar das pessoas e da missão – [esse é] o verdadeiro propósito por trás de sua dedicação contínua ao serviço.”

A então 1ª Tenente Jeannie Leavitt no cockpit de um F-15E Strike Eagle. Foto: USAF.
A então 1ª Tenente Jeannie Leavitt no cockpit de um F-15E Strike Eagle. Foto: USAF.

De fato, a carreira de Leavitt na USAF foi fortemente marcada por ineditismos. Em 1993 ela se tornou a primeira mulher a ser aceita no rigoroso treinamento para pilotos de caça, onde voou o T-38 Talon. Concluindo o programa com sucesso, tornou-se a primeira a pilotar caças operacionais no país.

Em seus mais de 30 anos de serviço, voou principalmente o caça-bombardeiro F-15E Strike Eagle. Acumulou mais de 3000 horas de voo e participou de ações de combate no Iraque e Afeganistão, como as operações Iraqi Freedom, Enduring Freedom e a Guerra ao Terror. Em 2016 ela voltou a fazer história ao se tornar a primeira mulher a liderar uma ala de caças, quando assumiu o comando da 57ª Ala da Base Aérea de Nellis. 

“Embora eu não gostasse do termo “pioneira”, se significa que aqueles seguem o mesmo caminho encontram menos resistência, então eu acho que estou bem com esse título”, disse Leavitt em um vídeo comemorativo dos 30 anos de mulheres na aviação de combate dos EUA. 

A primeira aviadora de caça da USAF concluiu sua carreira como comandante do Centro de Segurança da Força Aérea, supervisionando todo o programa e política de prevenção de acidentes de aviação, ocupacional, armas, espaço e sistema da Força Aérea e segurança nuclear.

Com informações de Air & Space Forces

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 

Avatar

Autor: Gabriel Centeno

Estudante de Jornalismo na UFRGS, spotter e entusiasta de aviação militar.

Categorias: Militar, Notícias, Notícias

Tags: Mulheres na aviação, Piloto de Caça, usaexport, USAF