Advertisement

NASA lança neste sábado (03) foguete que visitará pela primeira vez a Lua

Artemis NASA SLS Lua

A NASA confirmou que realmente fará neste sábado (03/09) uma janela de lançamento para realizar o primeiro foguete SLS, que em sua missão inaugural (Artemis I) visitará a Lua, marcando o retorno dos EUA a esse tipo de exploração espacial, após 50 anos.

Antes agendado para esta última segunda-feira (29) e inicialmente adiada pro dia 02 de setembro após uma falha no foguete, a NASA declarou que realizará o lançamento no sábado (03/08), com abertura da janela às 13h48, e lançamento programado para ocorrer às 15h17 (horário de Brasília).

A transmissão você pode conferir no vídeo abaixo:

De acordo com a NASA, no dia 29 de agosto, antes do lançamento, os motores RS-25 do foguete não estavam na faixa de temperatura adequada necessária para ligar os motores, antes da decolagem, deste modo, a equipe do programa Artemis ficou sem tempo na janela de lançamento de duas horas.

Os quatro motores RS-25 do Sistema de Lançamento Espacial (SLS) devem ser condicionados termicamente antes que o propelente super frio comece a fluir através deles para a decolagem.

NASA SLS Foguete
Quatro motores RS-25 do SLS, que queimam hidrogênio e oxigênio líquidos, a chamada “queima criogênica”, que forma água.

Os controladores do centro de controle os condicionam aumentando a pressão no tanque de hidrogênio líquido do estágio central para direcionar, ou “sangrar”, como é frequentemente chamado, uma porção do hidrogênio líquido que está a aproximadamente -213º C para os motores.

O motivo é deixar os motores frios antes da ignição que elevará em dezenas de graus célsius a temperatura do material em poucos segundos. Se o lançamento fosse realizado com os motores em temperatura ambiente, possivelmente o material não suportaria todo o ciclo de uso.

A suspeita é que um problema no Motor 3 esteja relacionado com a leitura de um sensor, e não no mecanismo de acionamento do regulador de temperatura, válvulas ou nas turbobombas.

As equipes também viram um vazamento de hidrogênio em um componente da desconexão rápida do umbilical do mastro de serviço do foguete , ​​chamado de lata de purga, e gerenciaram o vazamento ajustando manualmente as taxas de fluxo do propelente.

De acordo com a NASA, vários ajustes foram realizados nos procedimentos e nos foguetes, observando essas falhas que ocorreram na primeira janela, e toda a equipe de trabalho da Artemis está pronta para o primeiro lançamento do foguete SLS.

 

Rumo à Lua no primeiro lançamento

Nesta missão a meta da NASA é coletar o máximo possível de dados com um voo que orbitará a Terra e a Lua, com previsão para retornar ao planeta Terra em 10 de outubro, se o lançamento ocorrer nesta segunda-feira (29).

Por seis dias, a cápsula Orion orbitará o satélite natural do nosso planeta, a Lua, antes de retornar para uma órbita na Terra completando os 42 dias de missão científica.

Cápsula Orion passará a 100 km de distância da Lua. Foto: Boeing Space/Divulgação

Para a agência não dizer que está despejando combustível sem total propósito, o foguete carrega também 13 satélites de pequeno porte experimentais, produzidos por universidades do país, e a cápsula subirá ao espaço com experimentos científicos.

Desde 2021 a NASA realiza testes com o foguete SLS para a missão Artemis I, nos últimos dias o foguete foi posicionado em sua base de lançamento, o histórico PAD 39B do Kennedy Space Center, local responsável por transportar astronautas nos programas Apollo e Space Shuttle.

A missão Artemis I é um teste de voo sem tripulação, o primeiro de uma série de missões cada vez mais complexas para a Lua. A meta da NASA é até 2024 colocar um homem novamente na Lua, sendo que em 2023 a missão Artemis II fará um voo orbital lunar com astronautas.

 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 

Avatar

Autor: Pedro Viana

Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Categorias: Espacial, Notícias

Tags: Espaço +, Lua, NASA, SLS, usaexport