Advertisement

JetBlue pede a proibição de voos da KLM em JFK caso o aeroporto de Amsterdã restrinja operações

JetBlue Airbus A321neo Voos Europa aeroporto de Amsterdã Schiphol

A JetBlue solicitou ao Departamento de Transporte dos Estados Unidos (DOT) a restrição de voos da KLM no aeroporto John F. Kennedy (JFK), em Nova York, caso o aeroporto de Amsterdã Schiphol passe a receber menos voos por ano.

Segundo informações da Reuters, o governo holandês anunciou no mês passado a polêmica proposta de restringir o número de operações no aeroporto de Amsterdã-Schiphol para 452.000 a partir 2024, reduzindo quase 50.000 movimentos, impactando diretamente a JetBlue com a perda de slots no terminal.

O governo holandês acredita que a diminuição de voos deve contribuir para a diminuição da poluição sonora, bem como na diminuição nas emissões de carbono, incluindo restrições nas operações noturnas e no uso de pistas a depender do horário.

Algumas companhias aéreas discordaram da proposta, alegando que a restrição de voos pode afetar negativamente na demanda de passageiros e de carga. A lista das empresas aéreas contrárias da decisão conta com a KLM, easyJet, Delta Air Lines, Tui Airways e a JetBlue.

Diante da proposta, a JetBlue argumentou que a medida de restringir voos viola diretamente o Acordo de Transporte Aéreo EUA-EU, solicitando ao DOT que caso a medida entre em vigor, a KLM tenha voos restritos nos Estados Unidos.

 

Leia também: 

 

Com informações: Reuters 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 

Avatar

Autor: Gabriel Benevides

Redator Apaixonado por aviões e fotografia, sempre estou em busca de curiosidades no universo da aviação. Contato: [email protected]

Categorias: Companhias Aéreas, Notícias

Tags: Amsterdã, Companhias Aéreas, Jetblue, KLM, usaexport