Advertisement

GOL avalia como positiva a revogação de resolução que limitava rotas no Santos Dumont

GOL Linhas Aéreas Carioca Rio de Janeiro Prêmio Air France KLM parceria

A GOL é mais uma companhia aérea que acaba de se manifestar acerca da revogação da norma que limitava o raio de aeroportos que poderiam interligar com Santos Dumont a partir de janeiro. A companhia aérea avalia a nova proposta como positiva para os aeroportos do Rio de Janeiro, e aguarda a nova resolução definitiva para que ajustes sejam feitos sem impactar os clientes da companhia. 

Segundo a nova proposta que deve entrar em vigor a partir de janeiro, o Aeroporto Santos Dumont terá o limite anual de até 6.5 milhões de passageiros, conforme anunciado pelo Ministério de Portos e Aeroportos. A decisão deve sair no Diário Oficial da União ainda esta semana.

 

Confira a nota da GOL na íntegra: 

 

“A GOL considera apropriada a recente decisão da nova metodologia de adequação da oferta de voos no aeroporto de Santos Dumont, a qual segue critérios técnicos de dimensionamento e capacidade do aeroporto.

O Rio de Janeiro é um importante vetor de crescimento para a GOL, que hoje opera em média 80 voos diários para 29 destinos a partir de SDU e do Galeão (GIG). O novo equilíbrio entre os aeroportos traz melhorias tanto para a performance operacional quanto à experiência do Cliente e a conectividade internacional. Em conjunto com nossos parceiros, reafirmamos perspectivas positivas para o futuro.

Aguardamos a regulamentação final para promover os ajustes necessários em nossa operação. Nossas decisões terão como base a busca pelo menor impacto possível aos Clientes”.  

 

Leia também:

 

Via: GOL

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 

Avatar

Autor: Gabriel Benevides

Redator Apaixonado por aviões e fotografia, sempre estou em busca de curiosidades no universo da aviação. Contato: [email protected]

Categorias: Companhias Aéreas, Notícias

Tags: Aeroporto Santos Dumont, Aeroportos, Companhias Aéreas, GOL, governo federal, Ministério de Portos e Aeroportos, usaexport