Advertisement

Conheça a ‘universidade’ de pilotos da Emirates que utiliza jatos Embraer na formação

Emirates Emirates Flight Training Academy (EFTA) pilotos Embraer aviões

Sendo uma das poucas companhias a possuir uma academia própria para a capacitação de pilotos, a Emirates até o momento conta com 290 pilotos de 23 nacionalidades, incluindo 27 mulheres, com mais de 120 graduados que agora são pilotos em tempo integral da Emirates. Todos esses pilotos, foram cadetes da Emirates Flight Training Academy (EFTA), representando a nova geração de aviadores da companhia. 

A Emirates criou a EFTA em 2017 para treinar cidadãos dos Emirados Árabes Unidos e estudantes internacionais sem nenhum conhecimento prévio de voo, porém, a academia passou a aceitar alunos estrangeiros nos anos seguintes. Todos os graduados têm a oportunidade única de passar pelo processo de recrutamento da Emirates. Embora a maioria dos novos cadetes sejam estudantes recém-formados no ensino médio, a idade dos cadetes varia de 17 a 26 anos.

A companhia explica que os cadetes já contratados pela Emirates passam por um rigoroso processo de recrutamento. O programa de treinamento da Emirates conta com 29 aeronaves de treinamento, sendo: 4 jatos muito leves Embraer Phenom 100EV,  22 aeronaves monomotor de pistão Cirrus SR22 G6 e 3 aeronaves bimotor de pistão leve Diamond DA42-VI.

 

Após a pandemia, aumentou a procura nas carreiras para pilotar aviões. Os salários aumentaram, as companhias aéreas estão aprimorando os planos de carreira e expandindo em grande ritmo, as aeronaves estão mais sofisticadas, a demanda por viagens está crescendo – tudo isto e muito mais aumentaram o interesse pelas carreiras na aviação. Conforme a última pesquisa da Oliver Wyman, a diferença entre a oferta e a demanda por pilotos é de cerca de 17 mil e aumentará para 24 mil em 2026.

Para o ensino teórico (52 semanas), a EFTA conta com 36 salas de aula equipadas com o software de treinamento personalizado criado especificamente para a EFTA. Os cadetes passam por pelo menos 1.100 horas de treinamento no solo e acessam o material usando seus próprios dispositivos, que são interconectados digitalmente, criando um ambiente de treinamento interativo.

Já a prática de voo (52 semanas, 272 horas), os cadetes treinam em simuladores e em três tipos diferentes de aeronaves – jatos leves monomotores, bimotores e multimotores. Isto é uma raridade entre as academias de treinamento de voo que geralmente treinam cadetes em apenas um ou dois tipos de aeronaves.

As instalações de última geração da EFTA ocupam uma área de 12,5 milhões de pés quadrados (1,2 milhão de m²), que equivalem a 200 campos de futebol. A EFTA oferece 36 salas de aula modernas, 6 simuladores de voo full motion, uma torre de controle de tráfego aéreo independente e uma pista dedicada de 1.800 metros. Os cadetes moram no campus em estúdios individuais totalmente mobiliados, com uma variedade de instalações recreativas, atividades sociais e restaurantes, tornando-se praticamente uma universidade. 

 

Emirates Emirates Flight Training Academy (EFTA) pilotos Embraer aviões

 

 

 

Leia também: 

 

 

Com informações: Emirates

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 

Avatar

Autor: Gabriel Benevides

Redator Apaixonado por aviões e fotografia, sempre estou em busca de curiosidades no universo da aviação. Contato: [email protected]

Categorias: Notícias, Outros

Tags: Companhias Aéreas, Emirates, Emirates Flight Training Academy, Pilotos, usaexport